www.passandoalimpo.com

Arthur Godoy Júnior

arthur007@uol.com.br

(17) 99119-2715


São Paulo, 25 de maio de 2017

Atualizado às 22h00

online




Enquanto isso, na prefeitura de Catanduva...

- Prefeito, saiu o relatório da nossa situação...



A notícia mais importante desta atualização

Déficit, em 2017, pode alcançar R$ 25 milhões

Detalhes logo abaixo...


- Os números já eram conhecidos de alguns vereadores, mas na tarde desta quinta-feira, o governo municipal informou que o déficit orçamentário do município, neste ano, pode alcançar R$ 25 milhões. O prefeito Afonso Macchione já havia apresentado a situação para os aliados.

- Em audiência pública, a secretaria de Finanças apresentou as possíveis receitas e despesas. Por enquanto, não se sabe como o município conseguirá fechar suas contas no final do ano.

- O governo municipal silenciou a respeito da informação que a promotoria pública irá apontar a inconstitucionalidade da lei que criou o cartão alimentação para os municipiários. Por outro lado, o temor é que o prefeito Afonso Macchione já corte o cartão dos aposentados nos próximos 45 dias.

- Enquanto isso, o vereador que presidiu a CEI da Folha de Pagamento, Cidimar Porto - que acabou alertando a promotoria sobre a irregularidade, está sendo fritado em fogo alto nas redes sociais.

- Os vereadores Enfermeiro Ari e Ditinho Muleta já anunciaram publicamente que são a favor da permanência do cartão alimentação dos aposentados municipiários. Por enquanto, os demais ainda não se manifestaram.

- Na noite desta quinta-feira, 25, ocorreu a inauguração da nova sede do Sindicato dos Comerciários.

- Ao Carlinhos Longo, nossos parabéns.

- Ontem, quarta-feira, foi noite de escuridão em Catanduva. Vários bairros ficaram sem energia elétrica. O site Passando a Limpo recebeu várias reclamações. Algumas ruas tinham a iluminação, em grande parte da cidade, o escuridão total. Até a manhã desta quinta-feira, a empresa não havia realizado qualquer comunicado.

- O vereador André Beck negou na manhã de ontem ter prometido ou pensado alto em votar a favor das contas de Geraldo Vinholi. Sua decisão teria se baseado em voto de bancada.

- Vamos e convenhamos. A melhor alternativa foi apresentada por Amarildo Davoli, que tentou passar um pedido de vistas de 10 dias. Este tipo de documento não se vota assim, na bacia das almas.

- Pelo sim, pelo não, o trator passou em cima dos Macchionistas, que ficaram irritados.

- O vereador Maurício Gouveia mandou um recado: quem quiser ameaçá-lo, que aguente as consequências.

- Um ameaça de um lado (notas de viagens), outro ameaça de outro (aguente as consequências), e ninguém abre o jogo.

- Os municipiários aposentados deverão perder o cartão alimentação. A lei que criou o benefício - segundo entendimento do Ministério Público - é inconstitucional e o cartão não poderia ser pago pela prefeitura. Tanto o prefeito quanto o presidente da Câmara Municipal deverão ser notificados e terão que explicar ao MP como foi criada a lei, os custos mensais com este pagamento e caso isso não seja revogado a promotoria poderá entrar com uma ação de inconstitucionalidade.

- Ainda não se sabe se após ser comunicado ou tomar conhecimento desta situação o prefeito continuará com o pagamento até uma decisão final da Justiça. Na ação de inconstitucionalidade, o ministério público poderá pedir uma liminar.

- Por outro lado, o prefeito - ao ser informado sobre a situação - poderá suspender o pagamento de imediato. O cartão alimentação dos municipiários não é pago pelo IPMC e sim pela prefeitura de Catanduva.

- O valor do cartão alimentação está em R$ 250,00 e foi uma proposta apresentada pelo prefeito Afonso Macchione, em 2007, que teve o aval da Câmara Municipal de Catanduva. Anteriormente, a prefeitura entregava aos funcionários - inclusive aposentados - uma cesta básica. Com a mudança apresentada pelo prefeito, os aposentados e os da ativa passaram a receber o cartão.

- O Tribunal de Justiça já determinou o fim do pagamento em várias cidades do Estado.

- O Ministério Público tomou conhecimento da situação graças a uma CEI instalada na Câmara Municipal, na legislação passada, que não se chegou a lugar nenhum. Mesmo assim, a documentação da CEI foi encaminhada à promotoria, que tomou ciência do cartão alimentação pago aos funcionários aposentados.

- Ainda não se sabe se a decisão do TJ irá determinar que as administrações que pagaram o cartão alimentação aos aposentados devolvam o dinheiro aos cofres públicos ou se os administradores responderão, solidariamente com os vereadores que aprovaram a lei, por improbidade administrativa.

- Os aposentados da Câmara Municipal também perderão o cartão.

- O presidente da CEI da Folha de Pagamento foi o vereador Cidimar Porto, que com o "fim" da investigação mandou a papelada ao Ministério Público, que por sua vez descobriu que a prefeitura pagava cartão alimentação aos aposentados.

- Assim, de forma indireta, tentando atingir Vinholi, Porto deu um tiro no pé dos funcionários aposentados - que necessitam e muito do cartão.

- E a cidade acordou nesta terça-feira com a informação que um catanduvense foi preso pela Polícia Federal. Em cumprimento de mandado, a PF prendeu - de forma provisória - o assessor de Michel Temer, Tadeu Filipelli. Filipelli tem amizades pessoais em Catanduva e era um dos interlocutores do atual governo municipal com Brasília.

- Logo após a informação, Temer demitiu Tadeu Filipelli.

- É bom lembrar que há alguns anos, Filipelli recebeu da Câmara Municipal de Catanduva a Medalha 14 de Abril.

- O prefeito Afonso Macchione lamentou a prisão de Tadeu Filipelli. Segundo o prefeito, era um elo importante em Brasília e um catanduvense de família tradicional.

- Em abril, Macchione esteve visitando o amigo na Capital Federal, ao lado do deputado federal Sinval Malheiros.

- A maioria dos vereadores da Câmara Municipal de Catanduva aprovou as contas do ex-prefeito Geraldo Vinholi. O período analisado foi o do ano de 2014. Votaram a favor das contas: Gaúcho, Wilson Paraná, Ari Enfermeiro, Daniel Palmeira, Onofre Baraldi, Ditinho Muleta e Luis Pereira. Contra as contas votaram: Maurício Gouveia, Cidimar Porto, Nilton Cândido, Amarildo Davoli, André Beck e Ivan.

- Segundo bastidores da Câmara, a orientação para a base aliada votar contra as contas de Vinholi teria partido do gabinete.

- Seria um empate, mas o voto de Minerva de Enfermeiro Ari fez com que as contas fossem aprovadas.

- Detalhe: na tarde de ontem, terça-feira, André Beck teria prometido votar a favor das contas de Vinholi. No decorrer das horas, mudou de idéia.

- O prefeito Afonso Macchione Neto quer revogar a doação de área para o clube de rodeio. Ele enviou um Projeto de Lei Complementar (PLC) para a Câmara Municipal.

- A doação do terreno foi feito pelo então prefeito Geraldo Vinholi.

- Outras áreas doadas pelo município, e até agora não utilizadas por entidades, estariam na mira do prefeito.

- Municipiários procuraram o site Passando a Limpo para informar que o Clube do Simcat estaria sendo utilizado por pessoas que não fazem parte do meio dos trabalhadores da prefeitura.

- Neste caso, é necessário ver as normas de utilização do clube e se os municipiários aprovaram, ou não, esta situação.

- Sinval Malheiros negou ter recebido quantia em dinheiro da JBS. Segundo nota oficial divulgada por sua chefia de gabinete, foi realizado um levantamento apontando que o deputado, quando candidato, teria recebido um pouco mais de R$ 600,00 em forma de panfletos e isso sim poderia ser um repasse do partido (PV) vindo de doação da JBS.

- O prefeito Afonso Macchione está justificando o atraso na compra dos uniformes e materiais escolares dos estudantes do ensino municipal a uma licitação que não teria sido aberta pelo antecessor, Geraldo Vinholi. Já estamos praticamente em junho e as crianças não receberam seus uniformes e materiais.

- Por outro lado, membro do governo Vinholi diz ter - na transição de governo - perguntado ao governo que iria assumir se tinha interesse na abertura de alguma licitação antes do fim do mandato. A resposta teria sido negativo ou sequer chegou.

- Pelo sim, pelo não, o governo Macchione deixou de gastar seis meses com uniformes e materiais de crianças da rede municipal de ensino. Coincidências, não?

- Mas vamos rezar e orar para que no segundo semestre, esta licitação acabe acontecendo e as crianças recebam o uniforme de inverno no verão e o do verão, no inverno.

- Isto é, se a secretária da Educação, que dá aula em escola particular no horário de expediente, tiver tempo para dar uma olhada no assunto...

- E a Secretaria da Saúde teve um baita prejuízo. Alguém esteve no posto do Nova Catanduva e simplesmente desligou a fonte de energia. Segundo informações, vacinas foram perdidas. Há quem avalie o estrago em R$ 50 mil. Por enquanto, a prefeitura não soltou nenhuma nota sobre o assunto.

- Pelo jeitão, segurança no bairro é nota 1000.

A cada atualização, esta coluna receberá novos comentários e informações. Colabore enviando seu e-mail para arthur007@uol.com.br, com o título "Na Ponta da Pauta". Após recebermos a informação, realizaremos a checagem e publicação. Sigilo absoluto. Passando a Limpo: é você quem faz!


Opinião

Sobre a Doação do Terreno para o Rodeio de Catanduva

Marco Vinholi

Em 2015, o ex-prefeito Geraldo Vinholi propôs e sancionou a norma, aprovada pela Câmara Municipal, que autoriza a doação de terreno para o Clube de Rodeio de Catanduva coroando a importância cultural e tradicional do evento, traduzida na Lei nº 13.364, de 29 de novembro de 2016, da Presidência da República eleva o rodeio e vaquejada, bem como as respectivas expressões artístico-culturais, à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial. Estão acrescidos a isto, a queima de alho, concurso de berrante, entre tantas outras manifestações.

Como sabido, o Rodeio hoje é um dos eventos que mais movimenta nosso município e região, sendo um importante instrumento de turismo. O Clube de Rodeio Os Bravos, é uma associação sem fins lucrativos, formada por uma diretoria não remunerada, de pessoas que amam e promovem o rodeio. A entidade realiza diversas ações de cunho social em nossa comunidade, como o Leilão de Gado para o Hospital de Câncer de Catanduva, Queima do Alho, doação de sangue, entre outras. No último ano, entidades como o Asilo São Vicente de Paula, AVCC, HCC e Fundo Social de Solidariedade receberam doações. Clara contrapartida de benefícios ao município, social e à população.

A questão da doação de uma área para o fomento deste tipo de evento, vai ainda além da questão cultural, considerando inúmeros outros benefícios como aumento da geração de empregos diretos e indiretos, bem como incrementos nas oportunidades de turismo, comércio, setor alimentício e cultural. Municípios que abrigam os maiores rodeios do estado, tiveram os terrenos doados pelas respectivas Prefeituras, como no caso de Barretos e Paulínia. Barretos, em 2016, contabilizou mais de 10 mil vagas de emprego temporário, os mais percebidos foram nas áreas de turismo, construção civil e serviços gerais.

Tendo recebido o direito sobre o terreno, o Clube de Rodeio Os Bravos, por força dos deveres estabelecidos à época da doação, ainda tem a responsabilidade de construir um Centro de Eventos para Catanduva, hoje inexistente em nosso município.

Atualmente, os eventos têm sido montados de modo improvisado e com estruturas caras. Um local específico para eventos, com estrutura definitiva irá proporcionar mais conforto e segurança para o público e para os profissionais envolvidos. Com este Centro de Eventos, o município passa a ter um espaço gratuito para eventos públicos, bem como para a realização de shows e demais atividades.

Além de que, o atual local poderá ser utilizado para outras finalidades uma vez que se encontra em área urbana, e tem limitações de estacionamento, o que inviabiliza melhorias na atual estrutura.

Os investimentos realizados pelo Clube de Rodeios não oneram o poder público, e em contrapartida beneficiam a cidade trazendo pessoas de toda região. Investimentos privados são praticados em todas as cidades cujos eventos vêm ganhando visibilidade e se tornando cada vez mais lucrativos. Catanduva, tendo restrição a este modelo perde espaço e riquezas.

A doação foi feita no ano de 2015, com aprovação da Câmara Municipal e com a entidade apresentando toda documentação legal. A justificativa do atual prefeito para a proposição ou um projeto para revogar a lei, além de uma medida política, seria passível de questionamentos legais.

Desde os primeiros dias da gestão, a mesma tem perseguido o assunto. Ressalto o quanto é lamentável ficar na contramão do pensamento moderno, aonde se tenta coibir uma entidade sem fins lucrativos, com membros conhecidos e respeitados da cidade, que realiza o maior evento de Catanduva, e um dos poucos, e contribui socialmente com o município, para que não possa ter o respaldo público para desenvolver seu papel.

Imagine se Barretos tivesse esse mesmo pensamento.

Marco Vinholi é deputado estadual pelo PSDB


Motivação

E nesta quinta-feira, 25, foi dia de palestra motivacional no auditório da prefeitura. A alegria do povo foi contagiante...


Cidade

Praça no bairro Nova Catanduva

Onde o verde é mais verde...


Cidade

Rua Filadélfia com rua Massapé - Parque Glória 5 - Uma vergonha!


Cidade

Rua dos Jasmins esquina com a rua das Rosas - Jardim Borgonovi

Então, né....?


Posto do Engrácia fechado...

Vai uma subidinha, aí?



Após uma semana de reclamações, limparam a esquina das ruas Brasil e Sergipe


Opinião

Saúde é muito mais que números...

Arthur Godoy Júnior

Numa determinada noite, há muitos anos, tive fortes cólicas. Ainda solteiro, saí de casa pela madrugada, e fui me socorrer até um pronto socorro que estava aberto na Avenida Conselheiro Carrão, aqui em São Paulo. O plantão, vazio. Após alguns minutos, fui atendido por uma sonolenta médica que receitou soro com buscopan. Outro sonolenta, desta vez a enfermeira, colocou o soro, fiquei deitado na maca e após 90 minutos, estava completamente medicado. Tanto a médica quanto a enfermeira haviam desaparecido, e eu mesmo retirei a agulha da veia, passei um algodão, e minutos depois já estava na rua.

Apesar do atendimento precário acima descrito, uma porta estava aberta. Para quem estava com dores - como descrevi - não me importava se a médica estava com sono ou não, ou até mesmo se fui esquecido na sala de medicação. O que sei é que aquela porta estava aberta, e como um cão que passa na frente da igreja, entrei. E fui medicado, e saí praticamente recuperado.

É tendo esta noção, esta história de vida, que lamento profundamente cada vez que assisti a um governo fechar um posto de atendimento de saúde. Geraldo Vinholi fechou o postão da rua Pará com a justificativa que a UPA atenderia os pacientes. O postão virou uma central de atendimento, mas as pessoas perderam o pronto-socorro. Parece que - segundo informações - alguns dos serviços que estavam sendo prestados no Postão estão sendo desativados e as pessoas (mulheres) terão que ser atendidas nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros.

Agora, a administração Macchione anuncia que a UBS da Vila Engrácia deixará de atender por falta de condições físicas do prédio. E os moradores da região terão que se deslocar "apenas 600 metros" para o posto do Gavioli, local para onde a equipe de médicos e enfermeiros será deslocada. Detalhe: para se chegar na UBS do Gavioli é necessário enfrentar ruas sem calçadas e uma subida de se tirar o fôlego de qualquer atleta. Não penso naqueles que possuem condições de pagar um plano de saúde, se deslocar de carro ou até mesmo ter um atendimento mais particular. Imagino a situação daquela mãe que tem seu filho com febre, a pé, ou daquela pessoa que com dores precisa se deslocar "apenas 600 metros" até conseguir chegar ao posto - que deverá estar lotado pois estará recebendo catanduvenses de duas regiões.

Acho lamentário que os governos - qualquer governo - utilize números e estudo para se falar em saúde. Saúde, educação e segurança são prioridades para a população. Não podemos fechar portas, mas ampliar a rede de atendimento. Não podemos perder espaço, mas oferecer cada vez mais as UBS e os pronto-socorros. Temos que ampliar os horários, o corpo de médicos. Uma das primeiras providências de Afonso Macchione ao assumir seu governo foi cortar o horário de dentistas da UPA. Onde já se viu uma coisa dessas. Quem nunca teve uma dor de dente na madrugada, que atire a primeira pedra.

Há anos eu defendo que um governo que não existe para servir o povo não serve para existir. Se o governo municipal não está ali para dar saúde à população, para que então temos prefeito e secretário? E os vereadores que se calam? Uma verdadeira vergonha. Posso dizer com certeza que não há justicativa para fechamento de postos e Unidades de Saúde. Pois, como ocorreu há muitos anos, sempre haverá alguém com dor, a qualquer hora do dia ou da noite, e irá implorar por uma porta aberta.

Talvez, o prefeito e seu secretário jamais tenham passado por isso. O que, pelo visto, é uma pena.

Meu nome é Arthur Godoy.

Este é o site Passando a Limpo, atualizado diretamente de Belo Horizonte.

E amigos leitores, fiquem bem. Onde quer que vocês estejam...


Finalmente, os uniformes da rede municipal chegaram:


É só clicar

A música diz que "amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito". Não concordo. De verdade, verdade mesmo, amigo de verdade é aquele que a gente guarda e sente na alma. Amigo de verdade é forjado pela vida, pelos bons e maus momentos, pelos sorrisos e pela dor. Amigo é aquele que tem paciência para lhe ouvir, e aquele que você se desdobra para que fique bem.

Tenho amigos. Não muitos, mas queridos. Nos momentos difíceis, eu os socorri. Nos momentos difíceis, me socorreram. Nos momentos difíceis acreditaram em meu apoio, nas palavras de conforto, nas mensagens duras e nos puxões de orelha. Amigos não ficam bravos, talvez contrariados. Mas o tempo ensina e mostra que sua palavra pode ser até incompreendida, mas é o melhor remédio para aquele problema de momento.

Amigo não tem hora ou lugar. Amigo lhe dá razão em seu erro, mas aponta o acerto. Amigo não tem sexo, mas tem sentimento. Uma irmandade acima de qualquer suspeita. Amigo não tem vergonha de chorar, de gargalhar. De contar aquela piada politicamente incorreta. Amigo tem histórias, tem passado. Pode demorar para lhe encontrar, mas é como se houvesse passados poucos minutos desde o último "fica com Deus".

Na minha vida, tenho ouvido e ficado ao lado de muitos amigos. Eles também se mostraram solidários e preocupados com o meu bem estar. Nas últimas semanas, amigos sofreram e ainda sofrem. Um amor que se acaba, um filho que se vai, a explosão de um estresse, de uma estafa. Juras de amor que não se concretizaram, a esperança de uma nova paixão. Amigo a gente quer proteger, abraçar, acalentar. Quer dar um murro no meio da cara para parar de fazer papel idiota, ao mesmo tempo que que você, com um sorriso tolo, fala idiotices.

A vida é como um rio ou pequeno riacho. Começa aos poucos e vai tomando corpo. Amigos nos acompanham. Alguns já partiram para o mundo espiritual, outros, a vida tragou. Mas continuam como amigos, dentro da minha história, da minha vida. É tão bom estar ao lado de um amigo. É tão bom ter um amigo de seu lado.

Infelizmente, a vida corre cada vez mais rápido, célere em busca de seu fim. Hoje, mundo digital transforma as amizades em "emojis", em "sorrisos". As gargalhadas se tornaram "kkks", e as piadas não são tão originais. Ainda assim, os amigos ainda existem. Gostaria de poder abraçar cada um deles. Gostaria de poder resolver cada problema, apresentar soluções. Em alguns casos, posso apenas dar o meu ombro e torcer para que tudo se acerte. Com certeza, a dor de uma mãe que perde um filho jamais terá uma cura. Mas com essa mesma certeza, sei que uma amizade pode amenizar esta cicatriz incurável.

Diz a música que o fim perfeito seria uma casa no campo, onde poderemos guardar os discos, livros, amigos e nada mais.

Na adolescência queremos o mundo. Hoje, eu quero apenas a tal casa no campo, e um lugar para cada amigo. Não apenas em meu coração, mas em minha alma.

Amigos, fiquem bem. Fiquem com Deus.

(Arthur Godoy Junior)

PARA LER OS PRINCIPAIS ARTIGOS E COMENTÁRIOS PUBLICADOS NO FACEBOOK - CLIQUE AQUI


Nota 10 - Vereador Gaúcho. Por enquanto, o único que está ocupando a tribuna para dizer com todas as letras que o atual governo está sendo abaixo da expectativa. Suas falas, apesar de curtas, estão sendo coerentes.


Nota 0 - Secretaria da Saúde por anunciar que a Unidade Básica de Saúde da Vila Engrácia vai fechar suas portas.


Caro Arthur,

as vezes quando nos colocamos à frente de alguma situação, pode se parecer adversários, mas não é sempre assim, as vezes queremos estar apenas ao lado da população, dando voz e ouvido porque vivemos junto com eles as realidades que acontece na cidade, no dia à dia.

Iluminação péssima, ruas esburacadas, falta de varrição total nos bairros, pontes caídas como a da av. São Domingos após a Laticínios matilat, Ponte Catanduva x Novais, Ponte Santa Paula x rua Goyo Salamanca...

Parece que os problemas não acabam, mas quem dera que fosse somente esses pontuados, temos mais graves, pessoas que reclamam falta de remédios, e Agora vem mais uma para a população. DESATIVAÇÃO DA UBS VILA ENGRÁCIA... É isso mesmo! Os usuários da UBS VILA ENGRÁCIA estão sendo comunicados que consultas e atendimentos geral aos moradores daquela região atendida como por exemplo: SANTA PAULA, VILA ENGRÁCIA, MARTANI, LOTEAMENTO ISABELLA e RESID. PRIMAVERA serão remanejados ao POSTO DO GAVIOLLI / MESTRINELLI.

Onde já se viu desativar e transferir simples assim uma região inteira para outra regional, Sem ao menos aumentar uma sala de atendimento? Como pode desativar uma UBS que atende há mais de 14 anos no mesmo local?

Dizem que o prédio onde esta localizada a UBS ENGRÁCIA é locado (alugado) por isso deverá ser desocupado.

Até ai daria para entender, SÓ QUE NÃO. Veja o porquê.

Em outros bairros com menos de 35 anos de loteamentos existem prédios próprios construidos , então porque essa microregião não tem unidade própria uma vez que essa região possui bairros com mais de 40 anos de habitação?

Também a transferência dessa unidade não poderia ser feita na antiga COLTURATO que fica localizada na rua Cambé?

Novos bairros como o Cury e Isabella não poderiam ter abrigado a construção desse novo prédio da prefeitura para construção da UBS? Ex: no Loteamento José Cury onde existe um playground é terreno público da prefeitura, o posto de saúde UBS não poderia ser construido lá?

Por fim vamos recordar que Macchione ficou 8 anos na prefeitura e o local da UBS ENGRÁCIA já existia, foi inaugurado pelo prefeito FÉLIX SAHÃO, e durante todos os 8 anos da administração MACCHIONE o local foi utilizado, e que em 08 anos não houve sequer vontade de construir um novo local, evitando assim o tal aluguel.

Não se pode de uma hora para outra tratar o povo como cachorro de mudança, desrespeitar pessoas idosas que terão que se locomover mais tempo e maior distância.

Ja ouvi relatos que ambulâncias apenas levam se for crianças menores de 07 anos e idosos, mas as vezes um cidadão pode estar com laberintite por exemplo e não se encaixar nessas idades, simplesmente fica fora do transporte.

Resumindo, Sr. Prefeito, dar respostas satisfatórias e cortar gastos extras não se resume a cortar UBS, se for o caso faço a pergunta: Quantas salas extras foram construidas para incorporar a microregião da UBS VILA ENGRÁCIA? Quando sera construida uma UBS que atendera a região desativada?

Olha a solução é simples em catanduva. Puxa-se o cobertor para cobrir a cabeça e descobre os pés, ou cobre-se os pés e descobre a cabeça.

Até quando?

Alô vereadores de plantão... quem vai ser o primeiro a comprar essa causa e lembrar desses eleitores e municipes que ajudaram vocês ha estarem onde estão? Que os elegeram para fiscalizarem e buscarem soluções?

Ah, para finalizar QUANDO INAUGURA A CRECHE DO LOTEAMENTO CURY para as mães deixarem seus filhos e poderem trabalhar com tranquilidade.

Espero que não seja quando seus filhos forem fazer o alistamento militar.

Att, CF

Mande seu recado, sua reclamação, sugestão, ajude a sua cidade. O e-mail para contato é arthur007@uol.com.br. Você pode clicar no link acima e escrever seu comentário.


ESPAÇO DA CÂMARA - JORNAL DA CÂMARA


Catanduva tem queda em casos de dengue, zika e chikungunya

Catanduva registrou queda significativa nos casos de dengue, zika e chikungunya em 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a redução de confirmações foi de quase 90%.

No primeiro quadrimestre deste ano, a cidade teve apenas nove confirmações de dengue. Em março e abril, por exemplo, foi registrado apenas um caso em cada mês. Enquanto que nos primeiros quatro meses de 2016, foram 87 resultados positivos.

Neste ano, também não houve confirmação de chikungunya, zika vírus e nem de febre amarela – todas transmitidas pelo Aedes. Já no ano passado, o município contabilizou um caso confirmado de chikungunya e dois de zika, sem registro de febre amarela.

Só no começo desse ano, aproximadamente 19 mil imóveis foram visitados no Mutirão contra a Dengue, que inovou com visitas extras aos sábados. A iniciativa gerou a retirada, em estimativa, de até 10 mil criadouros do mosquito.

Outra novidade foi a notificação para que o morador não encontrado em sua residência, na visita de rotina, faça o agendamento em até 24 horas, sob risco de multa. A Secretaria de Saúde ainda conseguiu apoio dos proprietários de imobiliárias para facilitar a entrada das equipes de combate ao Aedes em imóveis fechados.

“Favorecem o enfrentamento ao mosquito o treinamento contínuo dos agentes e a criação da Brigada de Combate à Dengue, que consiste em manter espaços públicos limpos e livres de criadouros”, explicou o secretário de Saúde Ronaldo Gonçalves Júnior.

Denúncias

A EMCAa também recebe denúncias de moradores. A principal reclamação tem sido o acúmulo de materiais com água parada, além de sujeira, que geram temor e transtornos aos vizinhos. Só neste mês, dois casos chamaram a atenção. De uma casa abandonada no bairro São Francisco, foi retirada grande quantidade de materiais.

No outro caso, uma reclamação levou a equipe a um terreno pertencente a uma pizzaria, na rua Belém. No local, os agentes de endemias encontraram grande quantidade de restos de madeira e folhagem, ambiente ideal para a proliferação de animais peçonhentos. Sob orientação, o comerciante fez a limpeza de toda a área.


Enquanto isso...

- Vai recorrer do dissídio....?

- Assim, nem meus netos vão receber os tais 5%...


Dia seguinte...

- Mas você não falou que iria pagar o dissídio???


Aguardando atualização...


http://twitter.com/arthurgodoyjr


Colunismo mais que social tem nome e sobrenome:

Arlindo Gutemberg

- Também entrei em férias...

PARA ACESSAR A PÁGINA DE ARLINDO GUTEMBERG NO FACEBUNDA - CLIQUE AQUI OU NO LINK ACIMA -





Tempo e temperatura


- Sabe que eu quase acreditei que ele iria pagar o dissídio sem recorrer?

- Você está ficando senil...



Em algum lugar do passado...

Briga nas galerias da Câmara

Um momento vergonhoso para Catanduva. Até hoje, ninguém foi punido...


Para avaliar o que leu no site Passando a Limpo e o nosso trabalho e linha editorial, clique no banner acima.

Coleta de dados em 28/01/2017

O que você achou do que leu no site Passando a Limpo?

O site foi imparcial, isento e pluralista. 7.14%

O site foi parcial. 35.71%

Passando a Limpo exagerou, foi sensacionalista. 14.29%

As matérias e opiniões apresentadas foram coerentes. 14.29%

O site Passando a Limpo não preencheu minhas expectativas. 7.14%

Passando a Limpo foi completo. 0.00%

Passando a Limpo foi preconceituoso. 0.00%

O site omitiu informações. 0.00%

Passando a Limpo foi pontual e excelente. 14.29%

Passando a Limpo está desatualizado. 0.00%

Passando a Limpo não está nem melhor nem pior que os jornais. 0.00%

Os colunistas foram bem. 0.00%

Os colunistas foram lamentáveis. 7.14%

Após a leitura, nada tenho a avaliar. 0.00%


Google


JORNAIS


PODERES


ENTRE EM CONTATO

99119-2715

(017)

- Não precisa discar código de operadora. É direto!

ou...

(011) - 99118-5007

(011) - 2725-1346

E-mail: arthur007@uol.com.br


Conectados

Onde estão os nossos leitores...

No Brasil

Potirendaba, Palmares Paulista; Novais; Elisiário; Tabapuã; Novo Horizonte; Carapicuiba; São Pedro; Ribeirão Preto ; São Paulo ; Catanduva ; São Jose Do Rio Preto; Campinas ; Araraquara ; Bariri ; São Carlos; Brasilia ; Rio de Janeiro; Marilia ; Sorocaba; Aracaju ; Presidente Prudente; Araçatuba ; Lins ; Paulínia; Osasco ; Fernandópolis; Porto Alegre ; São Jose Dos Campos; Uberlandia ; Barretos ; Franca ; Braganca Paulista; Santo Andre ; Americana ; Piracicaba ; Bauru ; Recife ; Tres Lagoas; Guarulhos ; São Vicente; Belo Horizonte; Assis ; Santos ; Hortolândia; Pindamonhangaba; Apucarana ; Jundiai ; Cuiaba ; São Caetano Do Sul; Nova Odessa ; Leme ; Indaiatuba; Navegantes; Pelotas ; Curitiba ; Salvador ; Goiania ; Rio Claro; Florianópolis; Barueri ; Manaus ; Taubate ; Limeira ; Itajuba ; Adamantina; Fortaleza ; João Pessoa; Presidente Epitácio; Santa Maria ; Cornelio Procópio; Blumenau ; Mogi-Guacu ; São Leopoldo; Londrina ; Bélem ; São Luis; Lorena ; Cascavel; Campo Grande; Suzano ; Botucatu ; São Sebastião; São João Da Boa Vista; Natal ; Ourinhos; Vitoria ; Porto Velho; Laranjal Paulista; Nova Iguacu ; Macapa ; Porto Ferreira; Caxias Do Sul; Chapeco ; Maceió ; Pocos de Caldas; Novo Hamburgo; Vila Velha ; Joinville ; Niteroi ; Dracena ; Cubatão ; Petrópolis; Uberaba ; Criciuma ; Teresina ; Canoas ; Conquista; Palmas ; Iperó ; Vitória Da Conquista; Imperatriz ; Vicosa ; Sete Lagoas; Porto Real ; Juatuba ; Itarare ; Jaguarari ; Santa Rosa; Caçador ; Ponta Grossa; Tupã ; Araguaina; Macaé ; Alfenas ; São Bernardo Do Campo; Eunapolis ; Passo Fundo; Cafelândia ; Flores Da Cunha; Cabo Frio ; Sobral ; Rio Verde; Mocóca ; Parobe; Itaperuna ; Barra Mansa; Campos ; Ribeirão Pires; São Jose Do Rio Preto; Lençóis ; Caetite ; Ijui ; Braço Do Norte; Mossoró ; Juazeiro Do Norte; Campina Grande ; Simões Fiho ; Floresta ; Teófilo Otoni; Três Corações; Teresópolis ; Paulista ; Dourados; Santana Do Livramento; Itaguai ; Itapetininga; Araxa ; Lajeado ; Cataguases; Cotia ; Avare.

Ao redor do planeta

United States ; Canada ; United Kingdom ; Panama; Argentina ; Portugal ; Italy ; Spain; France; Nigeria; Japan ; Angola; Germany; Chile ; Switzerland ; Ireland ; Turkey ; Guatemala ; Ecuador ; Russia ; Mozambique; Netherlands ; Sweden ; New Zealand; Czech Republic; Bolivia ; Colombia ; South Korea; Estonia ; Mexico ; Norway ; Paraguay ; Dominican Republic.

Fonte: Google


Sua cidade não está na lista? Mande-nos um e-mail para que possamos atualizá-la.


Se você gostou deste site, acha que falta alguma coisa, colabore com a gente. Envie e-mail para arthur007@uol.com.br, ou telefone para (17) 9119-2715. Precisamos do seu apoio e incentivo, já que esta página é editada em São Paulo - S.P., a 385 km de Catanduva e região. Nossa intenção é informar, debater e ajudar. Mande suas informações, fotos, comentários. Ajude a manter este espaço. Agradecemos desde já. (Passando a Limpo)


Atenção!

Para ter Passando a Limpo em seu órgão de informação, ou receber material editorial de Arthur Godoy Junior, entrar em contato com a direção do site pelos telefones, e-mail ou endereços citados nesta página. Consultorias em jornalismo e estratégias de informação também podem ser adquiridas pelo mesmo método.


Site Meter


Passando a Limpo é uma publicação on-line do jornalista Arthur Godoy Júnior (MTB 26.822) Endereço para contato: Rua Domingos Teotônio Jorge nr. 61 - Aricanduva - São Paulo - S.P, CEP 03904-040. Telefones: (17) 99119-2715, (0xx11) 2725-1346 e (0xx11) 99118-5007. E-mail: arthur007@uol.com.br - Hospedado na Locaweb - São Paulo. On-line desde 19/01/2003.