www.passandoalimpo.com

Arthur Godoy Júnior

arthur007@uol.com.br

(17) 99119-2715

LEITORES ON LINE


São Paulo, 23 de abril de 2014

Atualizado às 06h15


Legislativo

Em noite de derrotas para a oposição, sessão da Câmara aprova projetos de Vinholi; salário dos servidores sofre reajuste de 6%

Os funcionários públicos municipais - inclusive aposentados e pensionistas - vão receber reajuste anual de 6%. Os projetos foram apresentados e aprovados na Câmara Municipal. Apenas o vereador Amarildo Davoli (PT), dizendo ser contra o que chamou de "desrespeito" com os trabalhadores, tentou adiar a votação, mas acabou sendo derrotado.

Na última terça-feira, 22, a oposição ao governo Geraldo Vinholi não conseguiu barrar a aprovação de projetos que já tramitavam no legislativo há algum tempo. Apesar de ocuparem a tribuna para se posicionarem contra a aprovação de projetos, alguns vereadores oposicionistas ainda tiveram que dizer que na realidade não eram contra as matérias, mas sim a forma como foram apresentadas.

O primeiro projeto apreciado e aprovado foi o projeto complementar 02/2014, que regulamentava a limpeza e a manutenção de imóveis na cidade. O vereador Careca, ao comentar a matéria, disse que o projeto era de extrema importância e já havia sido bem analisado pelos vereadores. Julinho Ramos explicou que as reclamações de catanduvenses sobre o abandono de terrenos eram constantes e disse acreditar que o projeto - que regulariza a limpeza - apresentando obrigações aos donos desses terrenos abandonados - era importante ao município. José Alfredo chegou a pedir vistas, mas notou-se que o projeto tinha simpatia inclusive de vereadores que anteriormente se mostravam contrários. Assim, o pedido de vistas foi retirado e o projeto aprovado por unanimidade.

Neste projeto, os proprietários ficam obrigados a limpar seus terrenos, e caso não o faça, irá ser multado. A prefeitura poderá realizar a limpeza do terreno, mas o pagamento pelo serviço será feito pelo proprietário, que ainda assim será multado.

Foi aprovado ainda o projeto que irá possibilitar que a SAEC construa sua sede. Foi autorizada a permuta de terreno da prefeitura com a Superintendência de Água Esgoto. A área - anteriormente destinada a um pátio de serviços - é o antigo campo do Ipiranga, na rua São Paulo. Os vereadores Amarildo, Cidimar Porto, Nilton Cândido e Wilson Paraná tentaram barrar o projeto, mas foram derrotados.

No caso de Nilton Cândido, chegou a dizer que os vereadores não eram contra a sede da SAEC, mas que existiam outras prioridades em Catanduva. O vereador disse ainda que existem muitos bairros sem saneamento básico e a água do município não era tratada. Para Cândido, os vereadores precisavam priorizar o saneamento básico e a SAEC finalizar a Estação de Tratamento. Amarildo Davoli também chegou a dizer que não era contra o projeto, mas que o saneamento básico vinha em primeiro lugar.

Os argumentos foram derrubados por Luis Pereira, Julinho Ramos, Careca e Marcos Crippa. Luis Pereira disse que a água, ao contrário do que havia falado Nilton Cândido, era 100% tratada, e que o vereador oposicionista deveria estar falando sobre esgoto. Pereira chegou a lembrar o desperdício de água na cidade. Julinho Ramos chegou a lembrar que o projeto estava há muito tempo no legislativo, e que existem projetos de saneamento para bairros na periferia.

O vereador Careca, que desta vez não acompanhou a oposição, lembrou que existe dinheiro reservado para a construção do prédio e que se não fosse utilizado seria devolvido para a prefeitura. Lembrou que havia pedido vistas para a matéria, mas que agora era favorável à aprovação do projeto. Marcos Crippa também lembrou que se o projeto não fosse aprovado, o dinheiro seria devolvido para a prefeitura. Ele concordou com Nilton Cândido a respeito do saneamento básico, mas que a aprovação do projeto seria benéfica ao município.

Assim, o projeto foi aprovado pela maioria.

REAJUSTE

Dois projetos que reajustavam os salários dos servidores municipais foram apresentados e aprovados, inclusive através de sessões extraordinárias. Os servidores terão seus salários reajustados em 6%. Os projetos foram dois pois um era destinado aos funcionários da Funerária Municipal e o segundo apenas para os demais funcionários públicos. Amarildo Davoli disse ser contra a aprovação dos projetos por "desrespeito" ao funcionalismo.

Mesmo com o voto contrário de Davoli, as matérias foram aprovadas. O pagamento deverá ser retroativo.






Cidade

José Alfredo quer estudos sobre estacionamento subterrâneo na Praça da República

O vereador José Alfredo Luiz Jorge está solicitando à prefeitura municipal que realize estudos para verificar a possibilidade de se implantar na Praça da República um estacionamento subterrâneo. Requerimento neste sentido foi aprovado na noite de ontem, terça-feira, na sessão do legislativo. Agora, o documento será encaminhado ao prefeito Geraldo Vinholi que pode determinar, ou não, o início destes estudos.

A idéia não é nova e vem sendo debatida há alguns anos na cidade. Há sindicatos que defendem a medida, preocupados com o pequeno número de vagas para veículos existente na região central. O estacionamento, nos moldes já debatidos, seria gerenciamento pela iniciativa privada. A empresa concessionária também arcaria com os custos operacionais para a implantação do local.

José Alfredo, quando prefeito, foi o responsável pela remodelação no centro da cidade. O calçadão da rua Brasil e também da rua Alagoas foi implantado em sua gestão. Quando assumiu, o ex-prefeito Afonso Macchione anunciou a intenção de retirar o calçadão do centro, a partir da Praça da Matriz, havendo inclusive polêmica sobre a abertura na altura da praça. Apesar do debate, o calçadão permaneceu inalterado. Após a retirada dos ambulantes e em campanha eleitoral para a sua reeleição, Macchione chegou a sugerir a abertura da rua Alagoas, idéia defendida pelo então secretário de Trânsito, José Garcia. O projeto não prosperou.

Com a reforma da Praça Nove de Julho, que deverá ser interligada com a Praça da Matriz, as vagas existentes na rua Cuiabá desaparecerão. Assim, a tendência é que o trânsito catanduvense fique ainda mais congestionado na região central. Baseado nisso, José Alfredo decidiu pedir os estudos. O problema ali será saber se existem condições físicas deste estacionamento, o impacto urbano, a viabilidade econômica e os benefícios que estas novas vagas poderiam trazer para a cidade.

O prefeito Geraldo Vinholi, mesmo em campanha eleitoral, jamais tocou no assunto.

Qual a sua posição a respeito de um estacionamento subterrâneo na Praça da República?
Sou a favor, o número de vagas é insuficiente na cidade.
Contra, e acho isso uma bobagem.
Sou contrário, temos que educar o motorista a deixar seu carro em casa.
A favor, já que o progresso exige mudanças no centro.
Esse estacionamento, pra mim, é indiferente.


Opinião

Já existe a semente, agora é saber plantar e colher

Arthur Godoy Júnior

Na última segunda-feira, feriadão por conta de Tiradentes, o governador Geraldo Alckmin esteve em Catanduva. Ele participou da inauguração oficial do Poupatempo, que por enquanto é um órgão quase exclusivo do Detran, e anunciou a liberação de verbas para praticamente todas as áreas (esqueceu da educação). Desde o trevo da Fafica, passando pelo recape de ruas até mesmo uma reforma no Terminal Rodoviário, o pacotão do governador foi muito comemorado pelo prefeito Geraldo Vinholi e seus aliados políticos. Segundo o governo, somados todos os investimentos dos últimos 15 meses, Catanduva está recebendo algo em torno de R$ 100 milhões, ou seja, 25% de um orçamento anual do município.

Quando assumiu, logo na primeira semana, o prefeito informou que a capacidade de investimento catanduvense era algo em torno de 5%. Explicando: de um orçamento de R$ 400 milhões, a prefeitura tinha disponível apenas R$ 20 milhões para novas obras e destinação de recursos. O resto já era devidamente sugado apenas com a manutenção da máquina. Para piorar a situação, as torneiras federais começaram a fechar, e por conta de uma disputa política, a única deputada da região, Beth Sahão (PT) disse que não confiava no governo e por isso mesmo não batalhava por novas verbas para o município (com exceção das entidades beneficentes, que continuam recebendo emendas e verbas solicitadas por Sahão).

Assim, este dinheiro destinado pelo governo do Estado, deve vir em boa hora. Em que pese este pacote de bondades do governador ter surgido por conta de um ano eleitoral, a cidade não tem nada a ver com isso. Tem mais é que aproveitar e receber de braços abertos tudo o que lhe oferecem. Neste pacotão, ainda estão R$ 16 milhões para a Fundação Padre Albino "melhorar o atendimento à população". Ótimo, mas seria muito bom que houvesse transparência na destinação destes recursos, já que são públicos e todos nós sabemos que os hospitais mantidos pela fundação sempre são alvo de reclamação popular, principalmente o pronto socorro.

Mas o principal de tudo isso não é apenas quanto a cidade recebeu. O importante agora é fazer com que esta "semente" seja plantada com a devida responsabilidade, competência e seriedade. A população precisa ser a grande beneficiada destes recursos. Se existe verba para recape, que os bairros sejam contemplados e as crateras fechadas. Se há um projeto para reformar a Estação Rodoviária, que ocorra esta remodelação, já que Catanduva é um dos únicos municípios que nem mesmo o relógio da rodoviária funciona. Ali, à noite, é um verdadeiro "botecão".

Não adianta a realização de uma obra faraônica, como parece ser o caso da reforma da Praça Nove de Julho, ou a Praça do Aeroporto - que irão consumir, juntas, perto de R$ 15 milhões. O catanduvense precisa ter boa escola, boa infra-estrutura, segurança, iluminação decente (que no momento, com certeza, não é o caso), saúde de bom e rápido atendimento (que também não vem sendo o caso). Vemos um centro em obras, enquanto os buracos e o matagal continua tomando toda a periferia da cidade.

Esta verba deve ser comemorada. Mas só depois de sua verdadeira aplicação no município. Não adiantam "milhões e milhões" em discurso no palanque se isso não chegar à porta do cidadão.

O segredo de uma boa colheita não é apenas ter em mãos a semente. É saber plantar.


No PEN

O ex-vereador João Rocha assumiu a Executiva Municipal do PEN ( Partido Ecológico Nacional). Segundo informações, os nomes da Executiva local já foram homologados pela Justiça Eleitoral, e será apresentada oficialmente em evento marcado para o próximo domingo, às 10h00 no Sindicato Rural. O presidente nacional do Partido, Adilsom Barroso, deverá estar presente.

João Rocha pretende ser candidato a deputado estadual. "Sou o único candidato Evangélico de Catnduva e região. além disto, sou uma terceira via na cidade que vive um momento de incerteza diante dos que ai estão, enquanto as outras opções da cidade precisam de 100 mil votos para se eleger, acreditamos que em nosso partido com 30 mil votos possamos estar eleitos, acreditamos que vai dar tudo certo, principalmente após a confirmação da dobrada com nosso Presidente Nacional o Sr. Adilsom Barroso".


Do leitor

Boa noite Arthur,

Aqui em casa somos leitores assíduos do seu site, e lendo a reclamação de uma leitora à respeito do programa social da prefeitura Frente Cidadã, tenho um desabafo a fazer.

O Programa Frente Cidadã, não é um emprego, como a diz na nota da prefeitura em resposta ao questionamento do atraso de salarios, são bolsistas. Cumprem jornada de trabalho de 6 horas, e realizam cursos profissionalizantes.

Até certo ponto, é um programa louvavel, visto que muitas pessoas não possuem estudo o suficiente para prestarem concursos, e todo o tipo de qualificação profissional é bem-vinda.

Porém, a prefeitura, querendo evitar vinculos empregaticios, concursos públicos, contratam não só varredores de praça, mas também psicologos, assistentes sociais, auxiliares administrativos, e muitos outros cargos de responsabilidade. Nem é preciso dizer que espaços assim, de maior importancia, são ocupados por pessoas indicadas por vereadores, prefeito, secretarios, etc..

Caso algum desses, cometa algum erro, exercendo essa função, como pode ser resposabilizado?

Não há nenhum tipo de direito trabalhista, além dos cursos profissionalizantes, serem fracos. Garçom, cuidador de idoso, um "bolsista" contratado para exercer a função de psicologo, com certeza não vai ter interesse nesse tipo de curso.

Tudo isso, porque a prefeitura não quer se comprometer com novos funcionários, e diga-se de passagem, FALTAM MUITOS FUNCIONÁRIOS.

Muitos "bolsistas" se arriscam entrando na justiça reivindicando seus direitos, mas a lei é muito bem elaborada para evitar esse tipo de transtorno.

O Programa Frente Cidadã apenas empurra com a barriga, problemas como o desemprego, e a falta de funcionários públicos.

Semana passada, tocou meu interfone uma senhora vestindo a camiseta do programa, e a conheço de vista por varrer a praça próxima de casa, tocou o interfone pedindo dinheiro, ou qualquer coisa para dar ao filho. Sem saber do fato dos atrasos de sálarios, achei que a mulher fosse uma oportunista, mesmo assim dei uma caixa leite.

Isso de funcionário contratado, empresas terceirizadas para contratar funcionários, tem que acabar. É apenas manobra do governo para livrar-se de responsabilidades que são do governo apenas. E isso não só na Prefeitura, governo estadual e federal também, além fornecer amplo espaço para irregularidades e desvio de verba, prejudica a população.

Outro fato, é que mais da metade dos inscritos no programa, não possui escolaridade completa. Por que não então, um programa para alfabetizar toda a população, idosos, adultos, jovens, para que possam se encaixar no mercado de trabalho? Para que possam se inscrever em concursos públicos? O mercado de trabalho da cidade já é muito escasso, para quem não possui escolaridade então, de nada adianta um cursinho irrelevante de garçonete.

Só sei que tá muito errado isso tudo!


Evento

Alckmin e Vinholi anunciam verbas para infra-estrutura, reforma de terminal, anel viário e Fundação Padre Albino

O governador Geraldo Alckmin e o prefeito Geraldo Vinholi transformaram a inauguração do Poupatempo de Catanduva na apresentação de uma lista de verbas liberadas para a cidade e região. O evento aconteceu na tarde de ontem, segunda-feira, e contou com a presença de autoridades de vários municípios.

O Poupatempo está funcionando em forma experimental desde o mês de março. Seu foco principal são as atividades relacionadas ao Detran. A emissão de RG, por exemplo, está demorando de 20 a 30 dias já que o documento acaba sendo emitido por outro órgão, na Capital. Porém, CNH e documentação de veículos estão tendo documentação agilizada no local.

Alckmin aproveitou a solenidade para anunciar verbas que, na realidade, já estavam previstas desde a visita do prefeito Geraldo Vinholi ao Palácio dos Bandeirantes, há duas semanas. Decidiu-se que o anúncio oficial ocorreria em Catanduva.

Foram mais R$ 22 milhões que serão liberados imediatamente para obras de infra-estrutura e área de saúde - atual prioridade do governo estadual.

O governador já havia anunciado R$ 72 milhões para a construção da ponte no Santa Helena, prédio para a radioterapia catanduvense. Desde o início do ano passado, o governo estadual liberou para a cidade verbas para construção da Unidade de Saúde no Bairro Gloria III; construção de 1.237 casas do Programa Casa Paulista; construção da Vila Dignidade; recapeamento asfáltico; cinco novas creches; Centro Dia do Idoso e novo prédio da Fatec,

Desta vez, R$ 2 milhões serão destinados para o início das obras do anel viário, um prolongamento da Pastor Dutra, mais R$ 2 milhões para recapeamento de ruas e avenidas, R$ 1,2 milhão para reforma do terminal rodoviário, R$ 1,5 milhão para para recapeamento da vicinal do Pompeo e R$ 16,2 milhões para a Fundação Padre Albino.

Acertou-se ainda, com anúncio feito na Capital, o início, a partir de maio, das obras do Trevo de Acesso ao Imes/Fafica. "Além disso, na mesma área, será construído o novo prédio da Fatec (Faculdade de Tecnologia), com verba prevista de R$ 25 milhões", disse Vinholi.

A Fundação Padre Albino foi beneficiada com a liberação de um convênio no valor de R$ 16 milhões. "Graças a esse procedimento, a FPA sairá do vermelho, revertendo essa benfeitoria em tratamento gratuito e de melhor qualidade para a população", disse Alckmin.

Na realidade, o governador vem dando sustentação à saúde por saber que nas próximas eleições o PT virá com o ex-ministro da área, e uma das plataformas de campanha é justamente o setor.

REGIÃO

A entrega do Poupatempo serviu ainda para que as cidades de Catanduva, Catiguá, Elisário, Marapoana, Itajobi, Irapuã, Ibirá, Cedral, Mendoça, Adolfo, José Bonifácio, Neves paulista, Jaci, Bady Bassit, Bálsamo, Mirassolândia, Ipiguá, Uchoa, Tabapuã, Novo Horizonte, Onda Verde, Nova Granada, Potirendaba, Urupês e Novais, recebessem 57 microonibus e quatro ambulâncias.

Catanduva, recebeu dois ônibus escolares.


Atraso

Arte-educadores catanduvenses trabalham, emitem notas e governo demora quase dois meses para realizar pagamento

Arte-educadores da cidade estão praticamente há 50 dias sem receber o valor de suas notas emitidas contra a prefeitura municipal. Isso significa, na prática, que serviços prestados na área no mês de março ainda aguardam pagamento por parte da administração. O pior: não há previsão de quando isso irá ocorrer e sequer existe uma justificativa razoável para este atraso. Sem ter para quem reclamar, os arte-educadores são obrigados a ficar esperando a boa vontade da burocrática máquina do governo.

Este atraso está impossibilitando o preparo e a apresentação de novos projetos, além de deixar os arte-educadores na mão, tendo o que receber, mas sem previsão para isso.

No começo do ano, a Secretaria Municipal de Cultura comunicou aos arte-educadores que seria necessário abrir uma MEI (Micro Empreendedor Individual). Assim, após a realização do trabalho, eles emitiram uma nota. A grande maioria dos arte-educadores da cidade não tinha essa MEI aberta, havendo uma apreensão - principalmente por parte das senhoras que trabalham com artesanato. Resolvida esta questão, foram comunicados que - através de uma reunião com o secretário Nelson Lopes Martins e o gestor de Gabinete José Carlos Hori - que após a emissão da nota, a prefeitura teria até 15 dias para o pagamento. Detalhe: a emissão da nota deve acontecer até o 4º dia útil de cada mês.

Então, o trabalho - por exemplo - é realizado em fevereiro, emissão da nota até o dia 6 de março, e pagamento previsto para o dia 21 daquele mês. Ocorre que isso não foi seguido. O dinheiro simplesmente não caiu na conta. E o pior: em contato com a Secretaria de Finanças, os arte-educadores foram informados que as notas emitidas em 06 de março sequer chegaram naquele departamento. E quando isso acontecer, a prefeitura terá mais 15 dias para o pagamento.

Assim, muitos ainda aguardam o pagamento de serviço realizado no Carnaval.

Os arte-educadores reclamam ainda de uma exigência da prefeitura. Eles são obrigados a encaminhar para a administração um comprovante de pagamento do DAS, documento de responsabilidade dos micro empreendedores e sigiloso.

Há informações que existe uma insatisfação muito grande na área cultural, já que a prefeitura não estaria chamando estes profissionais (que dão apoio cultural com a apresentação e aplicação de projetos), e quando isso ocorre, acontece este atraso nos pagamentos.

Por conta do feriado, o governo municipal não foi procurado para se posicionar.

Esta história de trabalhar e não receber, por conta de uma burocracia - ou incompetência - é daquelas sacanagens que toda a verborragia municipal não será suficiente para justificar esta situação. Se existem regras, impostas pela administração, elas devem ser seguida dos dois lados. Após a realização do trabalho de arte-educação, a emissão de nota tem que ocorrer até o quarto dia útil do mês. E o pagamento deve ser realizado em até 15 dias da apresentação da nota para o responsável do setor.

Se a nota está demorando para chegar até a Secretaria de Finanças, não é culpa de quem trabalhou e ele não deve ser penalizado. Mas como quem vai fazer este pagamento não está muito preocupado com isso, danem-se os outros. E pagam quando quer e como querem. E quem está esperando este dinheiro para honrar compromissos, tem que ficar diariamente esmolando atenção.

Vamos fazer o seguinte?

Se for para perder tempo com blá,blá,blá, sem solução, melhor nem responder. Tem horas que as desculpas irritam mais que o calote.

Ou não?

Esta é a opinião do site Passando a Limpo.


No Palácio

Fábio Corniani, da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Catanduva, não fotografa. Ele pinta com as mãos. Há duas semanas, estive no Palácio dos Bandeirantes onde após uma reunião do prefeito Geraldo Vinholi com o governador Geraldo Alckmin, haveria o anúncio de liberação de verbas para Catanduva. Recebi a informação deste anúncio, e sendo na Capital, fui ao Palácio - local que frequentei quase que diariamente na década de 90 (como correspondente do extinto A Notícia, de Rio Preto).

Enquanto aguardava o fim da reunião, fiquei conversando despreocupadamente com a assessora Fernanda Albano (esquerda) e a repórter do jornal O Regional, Karla Konda (direita). Corniani, que estava do outro lado da sala, conseguiu me fotografar numa daquelas cenas raras: não apenas sorrindo, mas quase gargalhando. Agradeço o envio da foto, e registro a sua capacidade profissional de encontrar em cada foto a humanização do fotografado.

(Arthur Godoy Júnior)


Torcida

Olá, Arthur

Prestigiei os dois dias da FEDCUP BRASIL VS SUIÇA realizados no Clube de Tênis de Catanduva. Garanto a todos que a organização foi excelente! Tudo deu certo! Esperamos mais...com educação por parte de alguns dor torcedores!

Apenas uma coisa não deu certo e aqui vale registrar: havia um grupo de torcedores, que provavelmente nunca assistiu a uma partida de Tênis sequer pela TV, permaneceu os dois dias fazendo barulho durante os "serviços" e mesmo sendo adverditos pelas duas árbitras, não respeitaram as atletas e países. Vale salientar que antes do início da primeira partida de hoje, domingo 20/04, o locutor avisou por diversas vezes a atitude incorreta deste grupo de pessoas e que esta atitude poderia trazer prejuízos para a equipe brasileira, porém não houve colaboração e muitos de nós presentes, que não pertencemos a este grupo, ficamos extremamente envergonhados!

Na entrevista em inglês dada após o jogo na Sport TV, uma das jogadoras Suíças, relatou o desconforto que passou chamando o comportamento da torcida de "disturbing" durante e após o jogo quando ela ainda estava dando a entrevista.

Este grupo de pessoas com "batuque e falta de respeito" confundiu partida de tênis com futebol!!!

Precisamos evoluir muito ainda!!

Parabéns, Clube de Tênis de Catanduva!

Manoel Carlos.


Social

Prefeitura assina convênio e creche de Lola Zancaner reabre na terça

Na próxima terça-feira, 22, as crianças assistidas pela entidade beneficente Lar da Criança, conhecida como Lola Zancaner, serão atendidas normalmente. A informação é da direção do local, confirmando que a prefeitura de Catanduva já preparou toda a documentação para que o repasse de verbas seja mantido.

Desde o início da semana, as entidades socias e beneficentes de Catanduva estão em polvorosa. Foi realizada uma reunião no Museu de Imagem e Som onde novas regras de repasses de recursos foram apresentadas.

Na reunião, os responsáveis das entidades tomaram conheicmento que não haverá mais a liberação de recursos retroativos. A nova norma foi debatida entre representantes da prefeitura, do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads), de São José do Rio Preto, e apresentadas aos responsáveis pelas entidades do chamado "Terceiro Setor" que recebem recursos municipais.

Eles foram comunicados que a partir de agora, as verbas correspondentes aos convênios somente serão liberadas após a assinatura dos contratos e que a retroatividade, a exemplo dos anos anteriores, não será possível. Foi o suficiente para que as entidades anunciassem que poderão fechar as portas. Elas contavam com estes repasses.

A primeira entidade a anunciar a paralisação de seu atendimento foi a Associação Lar da Criança, responsável pelo Programa Viva Flor. Levantamento aponta que cerca de 200 crianças ficaram desamparadas.

A prefeitura negou que o repasse tenha sido cortado. Segundo o governo, "a subvenção está em ajuste final e até a próxima semana será encaminhado para a Câmara do Vereadores, para a aprovação. Lembrando que a Lola é uma das associações que recebe o maior valor de repasse."

LAR DA CRIANÇA

O presidente do Lar da Criança, Ariovaldo Pereira de Lima, se manifestou no início da noite desta quinta-feira. Segundo ele, após indignação de parcela da população, o governo providenciou o projeto para assinatura do convênio.

Leia abaixo:

Pessoal , boa tarde a todos , sou presidente da Associação Lar da Criança , e tive que tomar essa atitude de cancelar as atividades provisóriamente , devido ao posicionamento da prefeitura Municipal que até a data de ontem não havia assinado o Convenio Anual , nem informar quando seria a data da assinatura nem quando nos pagariam os 4 meses atrasados.

Na reunião ocorrida ontem no MIS a Prefeitura Municipal , representada ali por funcionários e contratados , foi muito infeliz nas suas colocações , não dando valor as instituições que a dezenas de anos fazem trabalho que deveria ser de responsabilidade do poder publico; deixando em duvida sobre o trabalho que realizamos com amor , carinho e despreendimrento , pois também sou voluntário lá a 17 anos , deixando meu trabalho de Representante Comercial e minha familia as vezes de lado para honrar o compromisso que assumi com D.Lola Zancaner,para tocar a Associação.

Depois da nossa atitude e da repercursão que causou , fomos convidados a assinar o convenio hoje e aguardamos apenas a assinatura do Sr. Prefeito e o depósito das parcelas.

Não somos politicos , nem filiados a nenhum partido politico , apenas fazemos a nossa parte como cidadãos que trabalham para um mundo melhor, apenas isso. Gostaria de agradecer do fundo do meu coração a todas os pais e responsaveis pelos nossos assistidos , a todos que se manifestaram a favor de nosso trabalho e que também como nós se indignaram e levantaram voz a nossa reinvidicação , sem vcs seriamos como que palavras jogadas ao vento que logo desapareceriam.

Um grande abraço a todos e uma feliz Pascoa.

Ariovaldo Pereira de Lima - Presidente Voluntário da Ass. Lar da Criança


Verba

Diretoria do Grêmio mobiliza jogadores para cobrar R$ 100 mil da prefeitura; governo aguarda conta para o repasse

Na tarde desta quarta-feira, membros da diretoria do Grêmio Catanduvense e jogadores da equipe que disputou o campeonato paulista deste ano se mobilizaram em frente à prefeitura municipal aguardando o pagamento de R$ 100 mil prometido pela administração. Este valor é referente à compra de direitos de jogo realizado nas comemorações do aniversário da cidade.

A promessa era de que o repasse seria realizado o mais rápido possível. Com o atraso, a diretoria procurou a prefeitura - levando consigo os jogadores. Após a espera, foi realizada uma reunião onde constatou-se que o dinheiro estava disponível. Porém, o Grêmio encontra-se com problemas em sua conta. Como a prefeitura não faz pagamento em cheque, havendo a necessidade de uma conta aberta, a diretoria deverá providenciar a abertura de uma conta especial para receber este repasse.

Os jogadores foram dispensados e espera-se para os próximos dois dias o fim do impasse.


Comunicado

A Prefeitura de Catanduva vem a público, por meio desta, esclarecer:

A municipalidade comprou, em comemoração ao Aniversário da Cidade, da Liga Catanduvense de Futebol 7 Society um amistoso entre os másters do Grêmio Catanduvense e o Rio Preto Esporte Clube, disputado na tarde do dia 14 (Segunda-feira).

O confronto teve os portões abertos e ocorreu no Estádio Municipal Sílvio Salles. O valor de R$ 100 mil seria repassado pela Liga Catanduvense de Futebol 7 Society, associação responsável pela supervisão do confronto. No entanto, o dinheiro, que está disponível, ainda não foi creditado na conta devido a pendências financeiras e bancárias da Liga.

Cabe ressaltar que a Prefeitura de Catanduva é proibida de fazer qualquer aporte financeiro para equipes esportivas profissionais.

Desta forma, desde o início o prefeito Geraldo Vinholi tem buscado alternativas junto da iniciativa privada para apoiar o time catanduvense.

E nesse caso a diretoria do Grêmio, possui crédito com a Liga, e aguarda a solução do problema.

Na foto acima, diretores do Grêmio se reúnem, na tarde de quarta-feira, com financeiro e jurídico da prefeitura municipal.


AVCC

Arthur.

Boa tarde.

Primeiramente gostaria de parabenizar pelo seu trabalho de informações junto a comunidade.

Agradeço de modo especial ao leitor Miguel Sacialoto pela confiança em nosso trabalho(AVCC).

Inclusive acompanhamos e colaboramos nesta causa para a paciente Giovanne.

Aproveito a oportunidade para convidar você e toda comunidade para conhecer nossos trabalhos.

Segue em anexo parte de nossas voluntárias e um de nossos serviços. Grato pela oportunidade.

Sergio Botto Dompieri.

Nota do editor - No início do mês de Maio estarei em Catanduva, um único dia, para o repasse dos valores obtidos na campanha realizada pelo site Passando a Limpo. Estarei verificando a entidade para a doação dos R$ 1.900,00. Talvez, destine o dinheiro para dois grupos. Não é muito, mas espero que dê para ajudar um pouquinho e simbolize a união dos leitores do site Passando a Limpo para uma boa causa. Entrarei em contato. (AGJ)


Legislativo

Câmara aprova plano de saneamento municipal

Os vereadores de Catanduva aprovaram na última terça-feira, 15, o Plano de Saneamento Municipal. O plano foi aprovado em primeiro turno, devendo voltar à pauta nas próximas sessões. O posicionamento dos vereadores aconteceu após representantantes responsáveis pelo estudo serem ouvidos em plenário. O plano deverá regulamentar as obrigações e as metas a serem atingidas pela cidade no setor. Sem este plano, o município fica sem autorização para receber verbas dos governos federal e municipal. O plano, que começou a ser estudado há dois anos, prevê a implantação a longo prazo de programas que atendam a destinação do lixo sólido, instalações de abastecimento de água potável, desde a sua captação, o esgoto e a qualidade do solo.

Os representantes da empresa que realizaram o estudo informaram que a implantação de todo o programa pode levar 20 anos. Foram preparados 52 artigos, com a supervisão e acompanhamento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Há 10 dias, a secretária da pasta alertou que a demora do legislativo em aprovar o projeto poderia trazer prejuízos incalculáveis ao município. O projeto já havia sofrido adiamento por duas vezes.

Vereadores da oposição alegaram que os pedidos de vistas tinham o objetivo de conhecer o teor do projeto e não prejudicar a cidade.


Rede Social

Acusado por falso perfil na internet de exigir metade do salário de assessora, José Alfredo registra boletim de ocorrência

O vereador José Alfredo Luiz Jorge decidiu levar para a justiça acusações, que diz serem falsas, de que cobraria metade do salário de seus assessores. Mostrando-se indignado, o vereador rebateu as críticas que foram formuladas por um "fake" (perfil falso da rede social), e agora quer apuração deste perfil.

Em sua página no Facebook, José Alfredo se mostrou muito irritado. Ele chegou a publicar uma carta escrita por sua atual assessora, negando qualquer ação do vereador em querer parte do seu salário.

Leia abaixo o documento:

DECLARAÇÃO

Eu, VANESSA PEDRETTI.................., por esta e na melhor forma de direito, POR MINHA LIVRE E ESPONTÂNEA VONTADE, DECLARO, para os devidos fins de direito e que se fizerem necessários, perante duas testemunhas, que esta subscrevem, em conjunto com a minha pessoa, o seguinte:

1-) no dia de hoje, pela rede social da internet – “Facebook”, pessoa não identificada (Melina Dotto), também no face “CATANDUVA/SP”, fez afirmações mentirosas sobre a minha atividade na Câmara Municipal.

2-) Estou satisfeitíssima na minha função de assessora parlamentar, a qual muito tem contribuído para minha formação profissional e, sou deveras grata ao combativo, honesto e culto: Vereador Dr. JOSÉ ALFREDO LUIZ JORGE, por ter oferecido para trabalhar, ao seu lado, como pessoa de confiança, nessa função.

3-) Recebi corretamente meus salários e meus haveres de trabalho, sempre na íntegra, sem nenhum desconto ou divisão de importância com qualquer pessoa e, muito menos com a pessoa do Dr. JOSÉ ALFREDO LUIZ JORGE.

4-) Nunca fui forçada ou solicitada a fazer qualquer pagamento, muito embora haja uma procura de pessoas carentes e sem qualquer estrutura social e econômica, as quais comparecem diariamente no gabinete, solicitando ajuda em dinheiro, para pagamento de conta de água e de luz, por exemplo, para evitar o corte; cestas básicas, cota de gás, alugueres vencidos, receitas médicas, viagens para outros estados, tratamento dentário, próteses, e outros inúmeros itens.

5-) DECLARO, ainda, que as vezes, em casos extremos, espontaneamente contribuí com pessoas carentes e menos favorecidas pela sorte, onde me senti gratificada e agradeço a DEUS assim poder ter agido, a exemplo do que o nosso Vereador, com a sua alma boníssima e respeito às pessoas necessitadas, tem feito diuturnamente.

Por fim, DECLARO que o Dr. JOSÉ ALFREDO LUIZ JORGE, em meu conceito, constitui em grande exemplo para a Comunidade, e com o seu coração fraterno, jamais deixou de ajudar a quem quer que seja que tenha batido às nossas portas, e com o seu lema: “SERVIR DESINTERESSADAMENTE A NOSSA AMADA CATANDUVA”, tem proporcionado à minha pessoa incentivo para continuar ao seu lado, batalhando por melhores dias para a Comunidade em geral de Catanduva e da Região.

Sendo esta a real expressão da verdade, firmo a presente DECLARAÇÃO, em duas vias para um só efeito, perante duas testemunhas.

Catanduva, 15 de abril de 2014. (as) VANESSA PEDRETTI



Tempo e temperatura


Quero confirmar o péssimo serviço de saúde em Catanduva:No ARE,havia um programa que atendia mulheres que tiveram câncer de mama,instituído no governo Félix e teve continuidade no governo Machione.O programa funcionava da sgte. maneira:a cada 2 anos,fazia-se um concurso e contratavam as sgtes.profissionais: 1psico,1TO,1 fisio,1nutri e1 coordenadora.Poi bem:até o ano passado,funcionou normal/ o programa.

Mas neste ano,estamos sem o precioso atendimento.Isto porque,NINGUÉM,mas ninguém,mesmo, da Secretaria da Saúde,sabia que precisava de novo concurso,para renovar as profissionais.Nem mmo o Diretor do ARE!Conclusão:estamos sem o atendimento de que tanto precisamos.Como já disse outro leitor:Caso de Incompetência Administrativa Pura!!!

Alice Maria | Catanduva-Sp-Brasil | 15/04/2014 10:57


Jornal da Câmara - Edição 29



Legislativo

Vereador sugere criação de estacionamento municipal no Centro

Para amenizar o problema de falta de vagas de estacionamento no centro da cidade, o vereador Cidimar Porto (PMDB) sugeriu ao prefeito a criação de um estacionamento municipal no lugar do pátio de serviços da rua Paraíba, na esquina com a rua Amazonas.

“A proposta vai ao encontro dos anseios da população, que tem dificuldade em conseguir vaga, principalmente aos sábados, quando o número de veículos é ainda maior”, avalia.

Segundo o vereador, existe um projeto pronto para a transferência do pátio de serviços da rua Paraíba para a avenida São Domingos, no cruzamento com a rua São Paulo. “Assim seria possível criar ali um estacionamento rotativo, aplicando as mesmas normas e critérios da área azul, como valor, tempo de permanência e fiscalização.”

Na visão do parlamentar, o estacionamento municipal traria benefícios à comunidade, facilitando a acessibilidade, diminuindo o tempo de procura por vagas e proporcionando melhorias no fluxo do trânsito – como consequência, afirma, que o comércio seria fortalecido.

“O Centro está ficando muito tumultuado devido ao número excessivo de veículos. Com a criação de um estacionamento, facilitaria a vida de muita gente”, defende Cidimar.

(Guilherme Gandini)


Sérgio Melhado e Fernanda Albano

Fotógrafo e repórter do site Passando a Limpo com a atual assessora de Comunicação da Prefeitura de Catanduva. Foto de abril de 2012.


- Outro dias joguei tênis...

- E aí?

- Voltei descalço para casa...

- Infame...


Vamos ajudar na reforma do Hospital Emilio Carlos?

No próximo dia 08 de maio acontece no Clube de Tênis show com Mato Grosso e Mathias. O valor arrecadado será destinado à reforma de um dos andares do Hospital Emilio Carlos. O site Passando a Limpo estará colaborando com a divulgação do evento, de forma gratuita.

Mais informações, no link abaixo

Divulgação gratuita, em prol da reforma do Hospital Emilio Carlos

PARA SABER TODOS OS DETALHES DO PROJETO DE AJUDA AO HOSPITAL EMILIO CARLOS - CLIQUE AQUI


É só clicar

PARA LER ARTHUR GODOY JUNIOR NO FACEBOOK - CLIQUE AQUI


Colunismo mais que social tem nome e sobrenome:

Arlindo Gutemberg

A polícia já foi embora? Posso voltar?

PARA ACESSAR A PÁGINA DE ARLINDO GUTEMBERG NO FACEBUNDA - CLIQUE AQUI OU NO LINK ACIMA - NOS FINAIS DE SEMANA DISPONIBILIZAREMOS OS MELHORES MOMENTOS


http://twitter.com/arthurgodoyjr



Para avaliar o que leu no site Passando a Limpo e o nosso trabalho e linha editorial, clique no banner acima.


Google


JORNAIS


PODERES


ENTRE EM CONTATO

99119-2715

(017)

- Não precisa discar código de operadora. É direto!

ou...

(011) - 99118-5007

(011) - 2725-1346

E-mail: arthur007@uol.com.br


Conectados

Onde estão os nossos leitores...

No Brasil

Potirendaba, Palmares Paulista; Novais; Elisiário; Tabapuã; Novo Horizonte; Carapicuiba; São Pedro; Ribeirão Preto ; São Paulo ; Catanduva ; São Jose Do Rio Preto; Campinas ; Araraquara ; Bariri ; São Carlos; Brasilia ; Rio de Janeiro; Marilia ; Sorocaba; Aracaju ; Presidente Prudente; Araçatuba ; Lins ; Paulínia; Osasco ; Fernandópolis; Porto Alegre ; São Jose Dos Campos; Uberlandia ; Barretos ; Franca ; Braganca Paulista; Santo Andre ; Americana ; Piracicaba ; Bauru ; Recife ; Tres Lagoas; Guarulhos ; São Vicente; Belo Horizonte; Assis ; Santos ; Hortolândia; Pindamonhangaba; Apucarana ; Jundiai ; Cuiaba ; São Caetano Do Sul; Nova Odessa ; Leme ; Indaiatuba; Navegantes; Pelotas ; Curitiba ; Salvador ; Goiania ; Rio Claro; Florianópolis; Barueri ; Manaus ; Taubate ; Limeira ; Itajuba ; Adamantina; Fortaleza ; João Pessoa; Presidente Epitácio; Santa Maria ; Cornelio Procópio; Blumenau ; Mogi-Guacu ; São Leopoldo; Londrina ; Bélem ; São Luis; Lorena ; Cascavel; Campo Grande; Suzano ; Botucatu ; São Sebastião; São João Da Boa Vista; Natal ; Ourinhos; Vitoria ; Porto Velho; Laranjal Paulista; Nova Iguacu ; Macapa ; Porto Ferreira; Caxias Do Sul; Chapeco ; Maceió ; Pocos de Caldas; Novo Hamburgo; Vila Velha ; Joinville ; Niteroi ; Dracena ; Cubatão ; Petrópolis; Uberaba ; Criciuma ; Teresina ; Canoas ; Conquista; Palmas ; Iperó ; Vitória Da Conquista; Imperatriz ; Vicosa ; Sete Lagoas; Porto Real ; Juatuba ; Itarare ; Jaguarari ; Santa Rosa; Caçador ; Ponta Grossa; Tupã ; Araguaina; Macaé ; Alfenas ; São Bernardo Do Campo; Eunapolis ; Passo Fundo; Cafelândia ; Flores Da Cunha; Cabo Frio ; Sobral ; Rio Verde; Mocóca ; Parobe; Itaperuna ; Barra Mansa; Campos ; Ribeirão Pires; São Jose Do Rio Preto; Lençóis ; Caetite ; Ijui ; Braço Do Norte; Mossoró ; Juazeiro Do Norte; Campina Grande ; Simões Fiho ; Floresta ; Teófilo Otoni; Três Corações; Teresópolis ; Paulista ; Dourados; Santana Do Livramento; Itaguai ; Itapetininga; Araxa ; Lajeado ; Cataguases; Cotia ; Avare.

Ao redor do planeta

United States ; Canada ; United Kingdom ; Panama; Argentina ; Portugal ; Italy ; Spain; France; Nigeria; Japan ; Angola; Germany; Chile ; Switzerland ; Ireland ; Turkey ; Guatemala ; Ecuador ; Russia ; Mozambique; Netherlands ; Sweden ; New Zealand; Czech Republic; Bolivia ; Colombia ; South Korea; Estonia ; Mexico ; Norway ; Paraguay ; Dominican Republic.

Fonte: Google


Sua cidade não está na lista? Mande-nos um e-mail para que possamos atualizá-la.


Se você gostou deste site, acha que falta alguma coisa, colabore com a gente. Envie e-mail para arthur007@uol.com.br, ou telefone para (17) 9119-2715. Precisamos do seu apoio e incentivo, já que esta página é editada em São Paulo - S.P., a 385 km de Catanduva e região. Nossa intenção é informar, debater e ajudar. Mande suas informações, fotos, comentários. Ajude a manter este espaço. Agradecemos desde já. (Passando a Limpo)


Atenção!

Para ter Passando a Limpo em seu órgão de informação, ou receber material editorial de Arthur Godoy Junior, entrar em contato com a direção do site pelos telefones, e-mail ou endereços citados nesta página. Consultorias em jornalismo e estratégias de informação também podem ser adquiridas pelo mesmo método.


Site Meter


Passando a Limpo é uma publicação on-line da empresa Passando a Limpo Edições Ltda - CNPJ 17.624.117/0001-49. Endereço para contato: Rua Domingos Teotônio Jorge nr. 61 - Aricanduva - São Paulo - S.P, CEP 03904-040. Telefones: (17) 99119-2715, (0xx11) 2725-1346 e (0xx11) 99118-5007. E-mail: arthur007@uol.com.br - Hospedado na Locaweb - São Paulo. On-line desde 19/01/2003.