www.passandoalimpo.com

Arthur Godoy Júnior

arthur007@uol.com.br

(17) 9119-2715


São Paulo, 28 de fevereiro de 2008


Google



Editorial

Quantos homens formam a Câmara?

A Câmara Municipal de Catanduva é formada por homens, num total de 11. São senhores que falam grosso, vestem calça, fazem a barba. Homens no sentido genético da palavra. Porém, chegou o momento de sabermos se o significado da palavra "homem" - no legislativo catanduvense - é sinônimo de "dignidade e caráter".

A mobilização de alguns desses senhores - até mesmo publicamente - para a aprovação das contas do ex-prefeito Félix Sahão Jr. é algo a ser lamentado pela sociedade civil e pelas pessoas de bem. Defender a reprovação das contas de Félix, relativas a 2004, não se trata de perseguição política ou manobra eleitoral. É uma questão de Justiça.

O Tribunal de Contas do Estado fez a sua parte. Após análise puramente técnica decidiu que as contas deveriam ser reprovadas. O relatório já está em Catanduva e nos surpreendemos ao ver - nos bastidores - vereadores tentando arrumar uma desculpa, um jeitinho, para que o relatório seja derrubado. A quem estes senhores servem?

O vereador Luis Pereira chegou a dizer que Félix é uma pessoa "respeitada". Vanir da Apae, do PSDB - partido que em Catanduva está mais para galinha do que para tucano - foi além. Diz que seria interessante Félix concorrer contra Macchione pois tiraria votos de Vinholi. Pereira que fez campanha para Geraldo Vinholi e abriu o gabinete para Macchione entrar. Vanir que é presidente do PSDB, tem cabelos brancos, e inúmeras vezes subiu na tribuna para falar sobre os desmandos da administração petista.

O prefeito Afonso Macchione fez a sua parte e num momento crucial disse com todas as letras que a aprovação das tais contas seria vergonhosa. Aprovar as contas do petista, reprovadas pelo tribunal, é varrer para baixo do tapete todos os descalabros da última administração.

O site Passando a Limpo é acessado por representantes de todos os partidos políticos, inclusive por membros do Partido dos Trabalhadores. Sabemos que muitos se incomodarão com este editorial. Mas nossa responsabilidade é com o cidadão, e para o bem da cidade, para o bem da história política e moral de Catanduva, as contas precisam ser rejeitadas pela Câmara.

O cidadão não tem que pagar por conchavos políticos, por promessas ou troca de favores, e nem interesses pessoais de quem quer que seja, fechados na calada da noite, nos gabinetes. Os vereadores estão ali para representar o povo, que nas últimas eleições já deu o seu recado, colocando Ana Paula Carnelossi em terceiro lugar e não reelegendo Beth Sahão. Não podem e não devem ser seduzidos pelos - como disse um petista - "50 bons motivos" de Félix.

Quando Macchione assumiu, a prefeitura tinha luz e telefone cortados, salários e cestas básicas atrasados, era um cidade totalmente esburacada, e os fornecedores exigiam pagamentos de empenhos há muito realizados. No sentido político, Macchione é um péssimo prefeito e já está na hora de pegar o seu boné e deixar a prefeitura. Mas é inegável que hoje, Catanduva tem uma estrutura administrativa. Não há dúvida que muito foi feito.

Não podemos voltar ao passado.

Catanduva precisa se mobilizar a barrar mais um ato vergonhoso, que está sendo costurado por pessoas que podem ter todos os interesses - menos o de contemplar a moralidade pública, respeitar o cidadão, a população.

Sugerimos que as pessoas se manifestem, procurem os vereadores, cobrem um posicionamento correto e justo na apreciação do relatório do TCE. A sociedade civil catanduvense - formada por entidades, sindicatos e associações - precisa ir às ruas.

Este site fará a sua parte. Estaremos atentos e vigilantes.

A Câmara Municipal de Catanduva é formada por 11 homens. É hora toda a cidade saber quantos realmente merecem ser chamados de dignos e vestir aquelas calças.

Pois para ser HOMEM, não basta ter saco escrotal. É preciso ter vergonha na cara.

Esperamos que isto não esteja em falta em nosso legislativo.


Passando a Limpo é uma publicação on-line do jornalista Arthur Godoy Júnior (MTB 26.822). Endereço para contato: Rua Padre Manoel Luis de Vergueiro nr. 558 - Jd. Aricanduva - São Paulo - S.P, CEP 03476-000. Telefones: (17) 9119-2715, (0xx11) 6725-1346 e (0xx11) 9118-5007. E-mail: arthur007@uol.com.br - Hospedado na Locaweb - São Paulo. On-line desde 19/01/2003.